domingo, 9 de março de 2008

Eu estive lá!


A Marcha da Indignação dos Professores, ontem realizada em Lisboa, foi memorável. Arrepiei-me várias vezes, por sentir que os Professores vindos de Norte, Sul, das Ilhas e de todos os lados sacrificaram um dos seus únicos dias de descanso e de estar com a família para se manifestarem indignados com o que se passa nas nossas escolas e no ensino em Portugal. Só nós sabemos o que nos vai na alma, de coração partido todos os dias nos deslocamos para a escola na esperança de estar a viver apenas um sonho mau.
Penso que depois disto se nada acontecer, desconfio, que não vivemos em Democracia. Pior que o Fascismo é pensar e achar que somos livres de nos manifestarmos, falar, pensar, discutir e afinal, não podemos, porque somos marcados, hostilizados e com arrogância tudo continua na mesma. País de surdos? Mudos? Tontinhos? Não obrigada.
Eu estive lá, fui uma dos 100 mil que se juntaram numa só voz e bem alto para quem quis ouvir gritámos, chega!









video


video

Assim vale a pena se Professor

4 comentários:

Anónimo disse...

Eu também lá estive. Pela dignificação, pelo respeito, por uma escola melhor, pelos meus alunos, por uma profissão em que ainda acredito.

Bjs Lena

Anónimo disse...

Lá reencontrei a Tété: na manifestação e na blogosfera. Vou voltar. Gostei de ver-te miúda. Beijo do Paulo Prudêncio.

Mocho Falante disse...

Vale sempre a pena gritar e lutar pelos nossos direitos!

Boa sorte

papoilasaltitante disse...

E eu também! Pelo respeito, pela ESCOLA, pelos alunos, pela dignidade da profissão docente!
Foi Lindo!