sexta-feira, 12 de janeiro de 2007

Homenagem

O Quim era um amigo antigo, dos bons!
Há mais de 35 anos que conheci o Quim, em Moçambique, no Mini-basquete.
O Quim, um pouco mais velho que eu, o suficiente pouco para nos dar-mos bem, mas o sufiente mais velho para me dar conselhos dos bons e exemplo dos bons.
O Quim faleceu de morte súbita dia 10 de manhã, quando ía para a casa de banho para se arranjar para mais um dia de trabalho, ficou caído à porta.
E assim aos poucos nos vão arrancando bocadinhos de nós.
E assim aos poucos vamos ficando mais pobres.

O Quim é o 1º da esquerda e a foto foi-me enviada por ele.



10 comentários:

Madalena disse...

Meu Deus, como isto dói!!!!
Vejo bem aqui o que a Chuinguita diz: meia vida por viver.
É tão injusto!
Não conheço senão vocês que são amigas do homem ainda tão vivo na vossa memória. Por isso deixo aqui o meu abraço de solidariedade com a dor que também sinto convosco!

IO disse...

Um beijo às duas, IO.
TT, enviei-te ontem à noite o e-mail da magaç. Se conseguires o e-mail do Azevedo (António), dá-me para lhe mandar um abraço.

Anónimo disse...

O António é meu padrinho de casamento. Conheci o Quim desde miúdo. É uma perda muito sentida e inexplicável. Ao António e família um grande abraço. Pauleta
PS: Tenho o endereço de mail do António e posso dá-lo se me contactares para carlos.pauleta@sapo.pt. De qualquer modo, ele ainda está por Portugal até 4ª feira, pelo menos.

Anónimo disse...

É sempre triste quando as pessoas de quem gostamos nos deixam. Mas é tão bom termos tido o privilégio de as conhecer... Um grande beijinho

francis disse...

Lamento.
Nunca há palavras suficientes para atenuar a nossa dor. Os amigos ficam-nos no Espírito.

Anónimo disse...

A partida de um amigo é sempre dolorosa, ainda mais quando inesperada e sobretudo demasiado cedo. Fica como consolo a memória dos bons momentos.
Bjs Lena

Mocho Falante disse...

São de facto momentos muito duros e não há nada que nos conforte...

Pensar que ele te queria ver feliz é uma boa atitude a tomar

beijocas

casadaponte disse...

Tété,
Soube desta triste notícia no Mundoslam. Não conheci o Quim. Basta no entanto que tenha sido um Homem bom e amigo, para te enviar um abraço solidário com a tua dôr.
São estas perdas,que no momento, nos fazem sentir mais "pobres".
Beijinhos e todo o meu carinho
M.Dores

Pitucha disse...

É em momentos como este que eu vejo como é urgente viver!
Beijos

Anónimo disse...

Sinto muito TT.
Sei o que é para si um amigo, mas a vida é assim: vão-nos deixando devagar, às vezes na força da vida.
Há que viver o que nos falta com os que sobram.
Beijinho