terça-feira, 12 de setembro de 2006

Despida... salvo seja!

Mais um desafio blogosférico. Desta vez da menina "Chuinga".
Já me "despi" no meu outro blog.
É um poema feito por uma colega que se encaixa em mim, segundo ela.
Vou aqui pô-lo e quem me conhece dirá se assim é ou não. Estejam à vontade, não se acanhem por vezes vemo-nos de uma maneira e as outras pessoas vêm-nos de outra. Espero comentários sinceros e honestos.

Aqui vai:

Queriam me mansa...
Tiveram me tempestuosa!
Quiseram me indiferente...
Tiveram me curiosa!
Queriam me temerosa...
Tiveram me corajosa!
Quiseram me sossegada...
Tiveram me aventurosa!
Queriam me medrosa...
Tiveram me impetuosa!
Quiseram me despida
Tiveram me andrajosa!
Quiseram me calada...
Tiveram me faladora!
Quiseram me quieta...
Tiveram me arrojada!
Quiseram me rastejante...
Tiveram me alada!
Quiseram me feia...
Tiveram me airosa!
Quiseram me casta...
Tiveram me desenvergonhada!
Quiseram me desatinada...
Tiveram me atenta!
Quiseram...queriam...
Essa gente que por aí passa!
Quiseram...queriam...
Aqueles que não viam!
Quiseram...queriam...
Aqueles que não ouviam!
Quiseram...queriam...
Aqueles que não sentiam...

10 comentários:

125_azul disse...

Que streep-tease tão desavergonhado!
Se o poema és tu, tu és um soberbo poema! Beijinhos

IO disse...

Oh trambolho, ke tu te dispas, é uma koisa, agora que não vistas o 'tracinho' aos verbos, está mal (até há kem lhe chame 'hîfen', vê tu):

ex: queriam-me, tiveram-me, etc., etc., etc... - beijo de b'noite, IO.

planaltobie disse...

:)Concordo na generalidade e na especialidade!
Quanto à queda do hímen, deixa lá... até acho piada!
O Lobo Antunes não salta de linha?!

Pitucha disse...

Olá
Vim hoje visitar o teu sítio novo.
Felicidades
Beijos

jawaa disse...

Se não me engano, já tinha amtes publicado este poema e sem os ditos tracinhos que se prestaram a trocadilho.

Nem Português de Portugal nem do Brasil, por mim sou avessa a trocas de linha.

Em relação ao conteúdo, sim, adapta-se à TT que conheci na escola.

Bjinho, dê um ar de sua graça no meu sítio, que as noites neste lado do mundo tbém são longas...

jawaa disse...

Se não me engano, já tinha amtes publicado este poema e sem os ditos tracinhos que se prestaram a trocadilho.

Nem Português de Portugal nem do Brasil, por mim sou avessa a trocas de linha.

Em relação ao conteúdo, sim, adapta-se à TT que conheci na escola.

Bjinho, dê um ar de sua graça no meu sítio, que as noites neste lado do mundo tbém são longas...

Anónimo disse...

Encaixa sim senhora na perfeição na amiga e colega que conheço já lá vão alguns anitos! (agora andrajosaa é que não...!!!)
Bjs Lena

Cristina disse...

olá

engraçado, tenho um amigo com quem escrevo sempre assim no msn, mas sem espaço...bem mais facil beijinho

amigona disse...

Tiro-te o chapéu, amiga!... beijo...

marakoka disse...

adorei
jocas maradas